No Ar
Domingão Musical com Domingão Musical
Hora Certa



Peça sua Música

  • lluciene maria
    Cidade: vitoria pe
    Música: bruno e marrone vidro fumer
  • Publicidade Lateral
    Estatísticas
    Visitas: 8787


    Vitoria de Santo Antão e Região

    Publicada em 22/05/17 as 11:00h - 14 visualizações
    Vereadores da oposição atestam que imóvel da Casa da Criança não tem dono em Vitória

    A Voz da Vitória


     (Foto: Radio & Divulgadora Lagoa Redonda)

    Durante sessão na Câmara de Vereadores da Vitória de Santo Antão na última quinta (18/05), parlamentares que fazem oposição ao Prefeito Aglailson Júnior (PSB), trouxe novamente à tona a polêmica que gira em torno do imóvel onde se situa a Associação Esporte é Vitória, mais conhecida por Casa da Criança, motivado pela desocupação exigida por parte da Prefeitura.  Na oportunidade, o vereador Geraldo Filho (PR) salientou ter pedido a certidão vintenária do imóvel através da Câmara Municipal o qual ainda não chegou resposta, porém o mesmo afirmou já ter em mãos o documento, pelo qual atesta que o imóvel não pertence à Prefeitura de Vitória.

    O termo Certidão Vintenária abrange o histórico do imóvel durante os últimos vinte anos. O que caracteriza a vintenária é o tempo de registro computado a partir da abertura da matrícula. Por exemplo, ao pedir uma certidão, é sempre útil para o interessado saber se o imóvel está matriculado ou é objeto de transcrição ou inscrição anterior a 1976. Certamente estará matriculado se tiver havido alguma transação (venda/compra, compromisso, hipoteca, locação, partilha etc.) registrada após 1° de janeiro de 1976 (data em que entrou em vigor em todo o Brasil o sistema de matrículas).

    Por sua vez durante a sessão legislativa, o vereador Mano Holanda (DEM) disse assegurar apoio a causa da Casa das Crianças. Já o vereador Lourinaldo Júnior (PMDB) exibiu no plenário da Casa Diogo de Braga cópia da Moção de Apoio à Casa das Crianças assinada por mais de 200 Conselheiros Tutelares e de Direitos do Estado de Pernambuco, além de assinaturas de Conselhos Tutelares situados em São Paulo, Bahia, Sergipe, Paraíba, Rio Grande do Norte, dentre outros.

    Também saiu em defesa da Associação, o vereador Xanuca (PSD) que voltou a afirmar que conhece o trabalho da Casa das Crianças há anos e que a entidade funciona com trabalhos sociais, reafirmando seu apoio em defesa do imóvel. Na sequência, André de Bau (PSD) ressaltou a importância da Associação, mostrando-se preocupado com os danos que poderiam causar para estes adolescentes se a entidade fechasse suas portas. "Há um trabalho que vem sendo desenvolvido há 10 anos. Peço ao prefeito que reveja o seu ato de querer retirar a Casa daquele espaço, além disso, que a prefeitura forneça apoio, inclusive financeiro, para assegurar o bem estar da população daquele bairro", defendeu.

    A Presidente da Associação, Tarciana Castelo Branco, informou ao A Voz da Vitória que a Prefeitura de Vitória havia contestado a ação judicial que suspendeu temporariamente a desocupação do imóvel. O Executivo reafirmou na Justiça de querer o espaço retificando a data para o próximo dia 16 de junho, sob o argumento de transferir o CRAS do Lídia Queiroz para o imóvel em questão. Segundo ela, a Prefeitura vem fazendo fiscalizações de forma equivocada na propriedade a fim de querer inibir o trabalho da Casa das Crianças. "Enquanto Associação todos nós estamos tranquilos, pois primamos pela verdade que vem sendo trabalhado há uma década. Confiamos que a Justiça será feita, pois não estamos falando apenas de um imóvel e sim de um serviço cidadão realizado com crianças e adolescentes que necessitam desse apoio social", enfatizou.

    Do: A Voz da Vitória




    Deixe seu comentário!

    ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

    Parceiros


    Copyright (c) 2017 - Radio & Divulgadora Lagoa Redonda - Todos os direitos reservados